Novas receitas

Moro: Em Londres, um standby espanhol permanece relevante

Moro: Em Londres, um standby espanhol permanece relevante


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

De inovador espanhol a instituição. Moro, a criação do mercado Exmouth de Samuel e Samantha Clark, continua a embalar os apostadores todas as noites. Eles são jovens e idosos, principalmente Londres moradores locais, mas com um punhado de turistas, pesquisaram o suficiente para interromper o caminho mais conhecido. Moro é tão popular que é intimidante revisar, mesmo às cegas, para que uma horda de morolistas não me sitie.

Moro resistiu bem aos seus quase 20 anos de vida desde sua inauguração em 1997. Ainda é predominantemente espanhol com influências do norte da África, assim como a própria Espanha. Seu menu baseado em ingredientes transborda de contemporaneidade, como peixes colhidos de forma sustentável (bacalhau Skrei), salada za'atar e harissa de rosa. Sua forte linha de xerez pode ter singularmente mantido o vinho vivo na Inglaterra durante uma época em que seus antigos bebedores morreram e o marketing zero induziu menos novos a começar. A coleção de queijos espanhóis (e é incrível que exista, dada a raridade dos pratos de queijo nos restaurantes espanhóis) permanece fresca e admiravelmente combinada com membrillo.

A moeda é mantida por atualizações semanais do cardápio, então descrevo pratos específicos com um risco real de que eles acabem quando você fizer o check-in. Com essa ressalva, recomendamos a entrada Trinxat (£ 8,50), em que a pancetta de pé preto fica visivelmente drapeada, mas incongruentemente no topo. Esta bolha e guincho enriquecidos com carne são um deleite terroso e recheio em uma noite fria. Apoio o recomendado Tio Diego Amontillado (£ 6 / 100ml) que confere um toque de noz à batata e ao repolho. A sopa de couve-flor, coco e cominho com coentro, manteiga de pimenta e pinhão (£ 7,50) também é deliciosa. Apenas levemente aromatizado com o tempero brutamontes cominho para permitir que os outros ingredientes passem e sejam preenchidos com pinhões para dar um toque de textura.

Nosso linguado principal de limão assado na lenha com brócolis e lentilhas quentes, gomos de laranja e limão e salada de pimenta verde (£ 24) era realmente grande o suficiente para dois. Lindamente preparado, inclinado sobre um grande prato, a carne mal puxada para trás quando arrancada do osso. Primeiro o topo, depois o fundo, acedeu à nossa colheita. Cada garfada saborosa foi enterrada com os vegetais e salada com felicidade.

A carta de vinhos tem muitos vinhos espanhóis incomuns e bem escolhidos para acompanhar esta comida. Um copo de Godello da Galiza era brilhante, com notas cítricas e minerais e serviu-nos bem a acompanhar as escolhas alimentares acima. A seleção de xerez mencionada acima é uma das melhores da cidade e merece uma consulta aos garçons para obter ajuda na seleção.

Moro está ocupado, então tente chegar cedo ou tarde, ou esteja preparado para esperar. No mercado de Exmouth, que é altamente recompensador, vale a pena.


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial eram melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial eram melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial eram melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial eram melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial eram melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial eram melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial eram melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial eram melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


4 dos rifles de precisão mais mortíferos da Segunda Guerra Mundial

Os rifles de precisão da Segunda Guerra Mundial eram frequentemente atualizados, os modelos da Primeira Guerra Mundial melhorados com novas miras telescópicas e atualizações para torná-los mais facilmente empregados em combate.

Essas melhorias relativamente pequenas nas armas tornaram os atiradores muito mais perigosos em combate, e os atiradores de elite foram capazes de causar um impacto descomunal no conflito, amarrando unidades inimigas e eliminando jogadores importantes. Aqui estão quatro das armas usadas pelas grandes potências na Europa:


Assista o vídeo: Saí do bairro de Brasileiros em Londres e trago boas notícias da Europa (Pode 2022).