Novas receitas

Experiência Food & Wine do Minnesota Monthly disponível em 1º de março

Experiência Food & Wine do Minnesota Monthly disponível em 1º de março



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O festival apresentará algumas das melhores comidas e bebidas das cidades gêmeas

Parece tentador, não é?

Enófilos e gastrônomos veteranos e novatos se reunirão de 1 a 2 de março no Target Field para celebrar o 20º aniversário do Minnesota Monthlyº Experiência Anual de Alimentos e Vinhos.

Sara Stoli, Diretora de Marketing da Minnesota Monthly, explicou-nos que o festival cresceu parcialmente devido à necessidade de mais eventos relacionados a alimentos em meio ao frio inverno de Minneapolis.

“Quando começou, não havia muitas atividades acontecendo nesta época do ano, mas havia muitos novos restaurantes surgindo e nosso presidente na época tinha uma paixão extrema por vinho”, disse Stoli. O vácuo foi preenchido e a Food and Wine Experience nasceu.

O festival deste ano apresenta o Washington State Wine como uma presença de destaque, e eles irão assumir todo o Metropolitan Club durante o evento.

“Este é o seu quarto ou quinto ano chegando, e sua pegada cresceu muito maior. Eles realmente se comprometeram com o mercado e se destacaram fortemente aqui ”, acrescentou Stoli.

Certifique-se de não negligenciar os vinhos Best in Show Minnesota, incluindo o Wobegon White e o Hot Dish Red 2013 da Carlos Creek Winery.

Se o vinho não é o seu forte, ainda há muitos expositores para visitar. Fique atento ao Wisconsin Milk Marketing Board, que apresenta uma variedade de queijos frescos, uma infinidade de cervejarias locais com cervejas artesanais e um novo bar de degustação de saquê.

Stoli enfatiza a oportunidade única que essa experiência representa para os visitantes.

“Os consumidores vão a um lugar e experimentam tantos produtos diferentes. Depois, podem ir aos mercados locais e comprar algumas das coisas que experimentaram depois de terem saído daqui com uma lista do que gostaram ”.

Para obter mais informações e para reservar ingressos, visite o site.


Food & Wine Experience do Minnesota Monthly, em 1º de março - receitas

Tivemos a honra de pintar com este adorável grupo de senhoras para Sandy & # 8217s Bridal Shower perto de Raymond Washington! Esta tarde foi muito divertida com tudo, desde sangrias temáticas a uma enorme lareira acolhedora! Pintamos a tarde inteira criando as & # 8216butras de inverno & # 8217 pintando com o grupo e ficamos bem aquecidos perto do fogo de lenha. Obrigado Brandi e Sandy por hospedar seu evento sip and paint com a Konnex. Nós amamos todos os toques especiais, incluindo as bebidas que combinavam com a pintura!

Konnex hospeda pinturas particulares e goles em Puget Sound e Western Washington. Escolha seu projeto de arte ao fazer a reserva. Nós pintamos com grupos de todos os tamanhos, visite nossa página de reservas do site para mais detalhes e para começar!

Veja o que seus amigos, familiares ou colegas de trabalho podem criar quando vocês pintam juntos!

Esperamos que a tinta e o gole tenham feito do seu chá de panela um sucesso e que tenhamos a honra de fazer parte do seu dia especial! Obrigado novamente Sandy e Brandi!

Konnex pintou no Sequoia Assisted Living esta semana com este divertido grupo de senhoras! Até um residente entrou na festa e criou! Obrigado Stephanie por planejar sua pintura e saborear com Konnex.

Nós pintamos a pintura Black Poppies para este evento de trabalho. Você pode escolher sua pintura ao reservar uma festa privada com a Konnex. Nossa galeria tem cerca de 80 projetos de arte para você escolher. As festas de pintar e bebericar são uma ótima maneira de reunir seus amigos, família ou equipe para uma experiência divertida e criativa. A sessão típica dura entre 2 e 2,5 horas e apresenta orientação e instrução passo a passo do artista. Deixe-nos ajudá-lo a organizar seu próximo evento de forma criativa, trazemos a festa até você! Konnex viaja por Puget Sound.

Contacte-nos com a sua ideia ou pedido de festa.

As festas de pintura de outono estão aqui! Amamos o outono em toda a sua glória, belas cores, ar fresco, bons cheiros, fogueiras, poderíamos continuar e continuar! Nós amamos o outono porque o clima mais frio une as pessoas, então vamos nos aconchegar e criar. Confira nossas pinturas e projetos novos e antigos para o outono! Escolha qualquer uma dessas pinturas de nossa galeria ao hospedar ou reservar uma festa de pintura privada! Retire as abóboras e o Pinot, nós vamos trazer a tinta!

As pinturas sazonais e de outono escolhem sua pintura e saboreie a obra de arte durante uma festa privada.

Lembre-se de que Konnex é um estúdio de pintura e goles itinerante para que você possa fazer sua festa em casa, no escritório ou em qualquer local perto de você!

Temos o prazer de anunciar que a Konnex agora é parceira da Nisqually Valley Brewing para eventos Sip and Paint! Junte-se a nós para pintar toda segunda quinta-feira do mês, nós a chamamos de quinta-feira com sede! A boa notícia é que os ingressos custam APENAS US $ 35 e incluem sua primeira taça de vinho ou chope! Estamos muito animados com a inauguração desta cervejaria em Yelm Washington e com incríveis cervejas locais produzidas aqui! Enquanto dentro da cervejaria e frequentemente durante os eventos, você pode vê-los preparando a cerveja bem na sua frente e mencionamos que tem um cheiro incrível & # 8230Venha e crie conosco todas as segundas quintas-feiras no Nisqually Valley Brewing e seja criativo sobre as cervejas artesanais (ou vinho)

O projeto de pintura mudará a cada mês! Veja nosso calendário completo de eventos aqui para ver o que vem a seguir! Os assentos são limitados para eventos de degustação e pintura da Nisqually Valley Brewing, portanto, faça o pré-registro para guardar seus assentos! Além disso, se você quiser hospedar sua própria festa de pintura privada na cervejaria, essa é uma opção e você poderá escolher qual pintura de tela criará com seu grupo! Entre em contato conosco para saber se o seu acompanhante está disponível para pintar na cervejaria em Yelm washington.

Nosso último evento foi muito divertido aqui e não podemos esperar pelo nosso próximo gole e pintura na taphouse da Nisqually Valley Brewing Company em agosto! Junte-se a nós para pintar o & # 8216Pastel Dragonfly & # 8217 apenas alguns lugares restantes para esta pintura em gole, siga o link para ingressos ou envie um e-mail se você tiver algum problema ou precisar de ajuda para se registrar. A sessão de pintura e gole será orientada por um artista Konnex e você receberá orientação e instruções passo a passo, além de ajuda prática, se necessário! Vamos pintar em Yelm na Nisqually Valley Brewing Company!

pinte isso na cervejaria em amarelo em agosto

Ingressos para AGOSTO bebericar e pintar & # 8211 https://discoverkonnex.com/event/paint-and-sip-at-nisqually-valley-brewing-with-konnex-august/

Confira a Nisqually Valley Brewing Company aqui- https://www.facebook.com/nisquallyvalleybrewingcompany/

RESERVE SUA PRÓPRIA FESTA AQUI & # 8211 https://discoverkonnex.com/washington-booking-form/

Konnex pintar e beber beber e pintar evento na cervejaria Pinte na fabricação de cerveja do vale de Nisqually

Konnex oferece aulas de pintura públicas e privadas em Yelm Washington! Confira nosso calendário de eventos de pintura e gole para encontrar um evento público perto de você ou entre em contato conosco para organizar sua própria festa de pintura e gole! Viajamos ao redor de Puget Sound para pintar com as pessoas em suas casas, escritórios, locais de trabalho, centros comunitários ou bares e restaurantes locais. Se você tem vontade de pintar e bebericar com seus amigos, família ou colegas de trabalho, ligue-nos ou envie-nos um e-mail para começar a planejar sua própria festa de pintura. A configuração é fácil e nós o ajudamos em cada etapa do caminho, tudo o que você precisa é de uma data e hora escolhidas para que possamos verificar nosso calendário de eventos de pintura e combiná-lo com um artista de pintura e gole! Você também pode escolher o projeto de pintura que seu grupo criará na sua festa & # 8230 nossa galeria está sempre mudando e tem tantas pinturas divertidas para escolher! Se você se juntar a nós em um evento público, comida e bebida estarão disponíveis através do local, se você hospedar uma festa em casa ou particular, você é livre para fornecer ou fazer com que seus convidados tragam qualquer comida e bebida que você desejar!

As festas de pintura são para relaxar e se divertir, enquanto seu Konnex Artist ajuda você a se conectar com sua criatividade interior! Adoramos pintar com nossos clientes e seus amigos e mal podemos esperar para ver o que você cria em seu evento. As festas de pintar e bebericar são ótimas para grupos e mantêm todos envolvidos e entretidos por 2 a 3 horas. Nossas festas são descontraídas e incluem pequenos intervalos quando as pinturas precisam secar, etc.

A maneira mais fácil de entrar no calendário Konnex é preencher nosso formulário de reserva de pintura aqui- https://discoverkonnex.com/washington-booking-form/

Como sempre, sinta-se à vontade para nos ligar ou enviar um e-mail se tiver alguma dúvida sobre como hospedar sua própria festa de pintura e gole, que adoraríamos ajudar! Pinte logo! & # 8211 Os artistas Konnex

pinte com toda a sua família com festas de pintura Konnex, crianças e adolescentes também festas de pintura em Tacoma, Olympia, Lacey Washington junte-se a nós todas as segundas quintas-feiras na cerveja do vale de Nisqually para pintar

Konnex teve que saborear e pintar ton Bainbridge Island esta semana! Viajamos para a Heyday Farms para pintar com uma equipe incrível para o retiro da equipe! Esta festa privada de pintura foi muito divertida e relaxante na bela atmosfera da fazenda. Sem falar que a Ilha de Bainbridge também é linda e nós amamos

d dirigindo por aí explorando as atrações da Ilha depois! A equipe escolheu pintar a pintura & # 8216baleia-bolha & # 8217 para sua festa de pintura e se divertiu misturando cores, criando formas e padrões e criando contraste em suas pinturas. Nosso estúdio de arte itinerante traz o material e, em seguida, mostramos passo a passo como criar a pintura escolhida na tela. Instruções e demonstrações passo a passo do artista estão incluídas em cada festa de pintura e gole. O gerente da fazenda foi incrível e o evento nos trouxe leite fresco e granola durante o intervalo! Se você deseja hospedar uma festa de pintura e gole em Bainbridge Island, Gig Harbor, Bremerton ou Silverdale ou em uma área próxima, entre em contato conosco e nós o ajudaremos a organizar sua festa e obter sua festa privada de gole e pintura no calendário Konnex!

Alguns eventos comuns que bebem e pintam festas são ótimos: despedidas de solteira, chás de panela, festas noturnas de meninas, aniversários, celebrações, reuniões de família, festas de escritório, passeios de colegas de trabalho, construção de equipes, corporativo, apreciação do cliente, festas de pintura para arrecadação de fundos, festas infantis e muito mais, estamos sempre procurando por novas idéias de festas para pintar, então conecte-se a nós e diga-nos o que você gostaria de pintar! Trabalhamos individualmente com cada anfitrião individual para planejar sua festa e responder a quaisquer perguntas que você tenha ao longo do caminho! Não podemos esperar para pintar com você em qualquer lugar no Puget Sound.

festas privadas de pintar e bebericar que viajam até você equipe retiro festa de pintura em fazendas do apogeu, ilha de Bainbridge

Estúdio de pintura e sabor em Bainbridge Island Wa, estúdio de pintura em gig Harbor wa, Estúdio de pintura em Bremerton, pintura e sabor em bremerton, estúdio de arte itinerante. Beba e pinte na Ilha Bainbridge

estúdio de pintura em gig Harbor Washington show porto pintura e gole pinte na ilha de bainbridge com konnex Beba e pinte em Bainbridge Island Washington obrigado fazendas do apogeu pelo leite fresco e granola!

Confira as fazendas Heyday aqui & # 8211 http://heydayfarm.com/

Pronto para reservar sua festa de pintura e gole ?! Faça aqui & # 8211 https://discoverkonnex.com/washington-booking-form/

Konnex teve o prazer de ajudar a PRCA Gallery em Morris Minnesota a arrecadar dinheiro para a galeria com um evento de arrecadação de fundos Paint and Sip! Viajamos para Morris Minnesota para pintar com apoiadores da galeria enquanto eles criavam para sua causa. Nós nos divertimos muito mostrando como criar a pintura & # 8216Field of Daisies & # 8217 bem a tempo para a primavera. Tem uma arrecadação de fundos chegando? Procurando novas maneiras de arrecadar dinheiro para sua causa? Experimente pintar e bebericar e dar a seus apoiadores uma maneira de se divertir e apoiar sua organização ao mesmo tempo. Pintamos com grupos de todos os tamanhos e viajamos por toda a região central de Minnesota e Puget Sound, no estado de Washington. Konnex paint and sip fundraisers estão disponíveis para 501 organizações, entre em contato conosco por e-mail hoje para mais informações ou para começar a configurar sua pintura e sip fundraiser com Konnex (conecta)

Deixe-nos conectar você de forma criativa!

Arrecadação de fundos para PRCA Morris MN Pinte e saboreie em Minnesota com Konnex

Em 11 de março! Pinte e beba conosco no Smash Deli em Yelm, Washington!

Esta festa da pintura é aberta ao público. A tarde será repleta de diversão e criatividade, pegue seus ingressos e prepare-se para descobrir seu lado criativo com Konnex. Nossos Artistas irão guiar a sessão com demonstrações e dicas passo a passo, também iremos ajudá-lo com sua pintura se desejar. Esta aula de arte é para quem deseja ingressar, mesmo que você nunca tenha pintado antes! Nenhuma experiência de pintura é necessária.

Venha experimentar um ambiente relaxante, onde você poderá testar novas técnicas, pinceladas e mistura de cores enquanto cria sua própria pintura na tela. Todos os suprimentos de arte são fornecidos. Alimentos e bebidas estão disponíveis na delicatessen durante todo o evento por um custo adicional. Venha e experimente sanduíches incríveis! Eles também oferecem bebidas com cerveja e café expresso!

Mal podemos esperar para fazer essa pintura caprichosa, fique à vontade para nos enviar um e-mail com qualquer dúvida ou se precisar de ajuda para se registrar ou tiver pedidos especiais para seu grupo. Visite nossa página de contato aqui para entrar em contato conosco & # 8211 https://discoverkonnex.com/contactpaintingartstudio/

Que alojamento comunitário incrível nós pintamos para esta festa privada para beber e pintar! Um grande obrigado a Jéssica por hospedar e a todos os seus amigos por participarem. Passamos a noite criando essas divertidas pinturas de inverno! Cheio de textura e neve bem a tempo para o frio. Terminamos essas criações com passarinhos vermelhos. Organize sua própria festa de pintura e gole em sua casa ou local e seja criativo com seus amigos e familiares, colegas de trabalho ou crianças! Konnex é baseado em Yelm, mas nós VIAJAMOS em torno do som puget para pintar! Entre em contato conosco para começar a organizar sua própria festa de pintura!

Konnex viajou para Olympia para este divertido encontro de colegas de trabalho! Nós pintamos a pintura & # 8216Bubble Whale & # 8217 como um grupo. Esta é uma pintura totalmente nova na galeria Konnex e agora está disponível para seleção para sua festa de pintura privada. Também será a pintura em destaque para o nosso Sip and Paint mensal no Smash Deli em Yelm. Nós pintamos com grupos para todos os tipos de ocasiões, mas grupos de trabalho / escritório podem ser especialmente divertidos para vivenciar seus colegas de trabalho em um novo ambiente! Também poder flexionar os músculos criativos sem qualquer consequência se um erro pode renovar a criatividade em todo o grupo! Oferecemos festas standard para empresas, eventos de valorização do cliente e eventos específicos de team building. Como sempre, a Konnex se esforça para trabalhar individualmente com cada grupo / organizador para criar um evento único feito sob medida para suas necessidades específicas como empresa ou organização. Contacte-nos hoje para nos comunicar as suas ideias e / ou necessidades para o seu próximo evento. Nós viajamos por toda a área de som puget incluindo Tacoma, Lakewood, Puyallup, Enumclaw, Eatonville, Roy, Yelm, Tenino, Lacey, Olympia e Shelton. Se você não vir sua área listada, entre em contato conosco e nos informe onde você está, faremos o possível para acomodar seu evento. Claro, um agradecimento especial a Bobbi por organizar esta festa e a Jolene por ser a anfitriã novamente! Pinte com você novamente em breve!


Perguntas que me fizeram para a indicação ao prêmio

  • Meu lema na Travel With A Plan é encorajar e ajudar os outros: “Viaje com um plano. Não se arrepender." Para fazer isso, compartilho anos de prático dicas de viagens em família, avaliações e itinerários que trabalhar para famílias. Gosto de pensar que no Travel With A Plan, ajudo a tirar o trabalho do planejamento de viagens para que você não precise fazer isso.
  • Decidi começar um blog de viagens porque não queria que as incontáveis ​​horas de pesquisa e planejamento que dediquei às nossas férias pessoais em família fossem desperdiçadas. Quando olho para trás em nossas viagens e percebo que um itinerário, produto de viagem ou dica de viagem realmente ajudou a tornar uma viagem divertida e sem complicações, eu queria uma maneira de compartilhar esses sucessos com outras pessoas (para que você também possa prosseguir para faça as mesmas memórias incríveis)! Decidi fazer isso na forma de um blog de viagens!
  • Adoro passar o tempo com minha família e amigos, bem como nos finais de semana de verão em nossa cabana no lago. Uma forte fé e relacionamento com Deus me mantém com os pés no chão e me ajuda a manter as coisas importantes da vida em perspectiva. Também conto com os suportes de livros do meu café diurno pela manhã e uma taça de vinho à noite.
  • O outono é de longe minha estação favorita! Eu amo a folhagem de outono e o ar frio! O outono pede roupas divertidas, sentar em volta de fogueiras, varrer folhas e celebrar tanto o Halloween quanto o Dia de Ação de Graças ... duas das minhas favoritas!
  • Atualmente, adoro morar em Minnesota por sua proximidade com a família do meu marido e de mim. Eu também adoro as 4 temporadas distintas que Minnesota tem, pois há muitas atividades variadas para fazermos juntos enquanto criamos uma família. Eventualmente, eu adoraria viver em um estado mais quente dos EUA, como a Califórnia ou a Flórida.
  • Minha coisa favorita sobre blogs é perceber o que alimenta minha paixão por criar conteúdo. Refletir sobre os incríveis benefícios de viajar junto com a família (e querer compartilhar isso com outras pessoas) é uma paixão e motivação que simplesmente não consigo conter.
  • O maior desafio em manter um blog de sucesso para mim é equilibrar meu amor por blogs com meu outro trabalho de tempo integral. Sou muito dedicado e apaixonado pelo Travel With A Plan, mas também trabalho em tempo integral fora de casa. Pode ser difícil encontrar tempo para permanecer envolvido com as mídias sociais e escrever quantas postagens eu gostaria.
  • Definitivamente praia! A visão, o som e o cheiro do oceano me dão uma sensação avassaladora de calma. Eu amo a complexidade do oceano, bem como os incríveis animais marinhos que o chamam de lar. Meu dia favorito é definitivamente um 'dia de praia'!
  • Tenho orgulho de fornecer dicas "práticas" de viagem em família e de detalhar itinerários reais que experimentei sozinho. Espero repassar essas dicas para quem não tem tempo ou know-how para planejar esse tipo de coisa por conta própria.
  • Minhas postagens favoritas que criei são minhas postagens de roteiros da Disney World. As férias na Disney têm muitas variáveis, e há literalmente muitas informações online para pesquisar se você estiver procurando dicas e conselhos. Acho que minhas postagens de itinerário do Magic Kingdom, Animal Kingdom e Epcot fornecem todas as informações de que qualquer pessoa poderia precisar em termos de passeios pelos parques em um dia.
  • Essa é difícil. Eu definitivamente sou um pouco dos dois. Gosto de viajar e conhecer novas pessoas, bem como passar o tempo socializando fora de casa. Eu, no entanto, fico recarregado quando passo um tempo sozinho. Meu ‘tempo sozinho’ é absolutamente essencial para minha saúde mental e felicidade geral. Eu também prefiro passar um tempo em um pequeno grupo de amigos do que em um grande grupo de pessoas.

Os alto-falantes que você precisa ver no ChefConnect: Seattle

Você está pronto para ChefConnect: Seattle? A primeira conferência ACF & # 8217s de 2020 está chegando rapidamente! Junte-se a nós e a algumas centenas de seus colegas chefs no Doubletree by Hilton no Aeroporto de Seattle, de 1º a 3 de março, para um ótimo fim de semana de networking e sessões educacionais. Você pode se inscrever pela taxa padrão até 3 de fevereiro de 2020. Para mantê-lo até o evento, aqui & # 8217s uma prévia de alguns dos grandes oradores que você & # 8217 verá em Seattle. Você pode ver a programação completa aqui.

Jonathan Waxman

Jonathan Waxman é um californiano nativo cuja família o ensinou a apreciar as artes culinárias desde cedo. Enquanto vendia Ferraris em Berkeley, seu empregador apresentou Jonathan à Escola de Cozinha de Tante Marie em São Francisco. Isso o levou a matricular-se na Escola La Varenne em Paris, onde dominou a técnica clássica da cozinha francesa e recebeu o Grand Diplôme.

Jonathan voltou aos Estados Unidos para trabalhar na Domaine Chandon em Napa Valley e mais tarde com Alice Waters no Chez Panisse. Em 1979 ele se tornou Chef Executivo do Michael's em Santa Monica. Lá, ele desenvolveu sua versão da culinária californiana enquanto nutria os futuros chefs Mark Peel, Gordon Naccarato, Nancy Silverton, Roy Yamaguchi, Kazuto Matsusaka e muitos outros.

Em 1983, Jonathan mudou-se para Nova York. Um ano depois, ele abriu o célebre Jams na East 79th Street com o parceiro de negócios Melvyn Master. Jams foi seguido por Bud’s, Jams London, Table 29 em Napa Valley e Washington Park em Nova York.
Hoje, Jonathan é chef e proprietário do Barbuto em Manhattan & # 8217s West Village and Jams in 1 Hotel Central Park. Em 2014, ele abriu seu restaurante em Nashville, Adele's, e é um dos fundadores do Music City Food + Wine Festival de Nashville.

Jonathan Waxman é o vencedor do James Beard Award de 2016 como “Melhor Chef da Cidade de Nova York”. Ele foi juiz da Receita do Bravo para a decepção e apareceu em duas temporadas do Top Chef Masters. Ele é o autor de livros de receitas, Um Grande Cozinheiro Americano e Italiano, meu jeito. Jonathan atualmente mora em Manhattan com sua esposa e três filhos.

Ed Cotton

O Chef Ed Cotton começou em restaurantes aos 15 anos, trabalhando para o famoso Chef Todd English nos restaurantes Figs e Olives em Boston. Depois de se formar no Culinary Institute of America em 1998, o Chef Cotton mudou-se para Las Vegas para reunir-se ao chef Todd English para ajudar a abrir a mais nova localização do Olives no Bellagio Hotel. Depois de sua passagem de um ano em Las Vegas, o Chef Cotton voltou para sua cidade natal, Boston, para trabalhar como Sous Chef Executivo sob a aclamada Chef Barbara Lynch em seu premiado restaurante, No. 9 Park, em Beacon Hill.

Em 2003, o Chef Cotton se mudou para Nova York para trabalhar com o chef com estrela Michelin, Daniel Boulud, no db Bistro Moderne e no Restaurant

Daniel. Ele passou mais de 5 anos com o grupo Dinex, trabalhando como Sous Chef Executivo e auxiliando na criação do conceito para o premiado Bar Boulud em Manhattan.

Mais tarde, o Chef Cotton juntou-se ao Chef Laurent Tourondel com seu mais novo restaurante BLT como Chef de Cuisine no BLT Market localizado no The Ritz Carlton Central Park. Durante seu tempo enquanto trabalhava no BLT Market, Cotton juntou forças com Iron Chef Cat Cora, como seu sous chef no Food Network's “Iron Chef America”. Chef Cotton também competiu na 7ª temporada do Bravo’s Top Chef em Washington DC, cozinhando seu caminho para a final em Cingapura, onde foi vice-campeão.

Cotton continuou sua carreira juntando-se ao Chef David Burke no Fishtail by David Burke & amp em seu restaurante principal, David Burke Townhouse, onde trabalhou por vários anos como Chef Executivo em seus restaurantes populares. Em novembro de 2013, o Chef Ed juntou-se ao restaurante centrado na queima de lenha Sotto13 localizado em Manhattan e no histórico West Village # 8217 como Chef Executivo, trazendo interpretações inovadoras para pratos italianos clássicos especializados em massas artesanais, charcutaria e uso de forno a lenha. Enquanto estava no Sotto13, ele também competiu frente a frente com o mega chef Bobby Flay no Beat Bobby Flay derrotando Bobby Flay.

No verão de 2017, Cotton iniciou sua própria empresa de consultoria Ed Cotton Consulting. Com sua empresa de consultoria, ele trabalhou no desenvolvimento de receitas para diversos negócios, restaurantes, conceitos gastronômicos, revistas e receitas para conteúdo online. Ele foi escolhido mais uma vez pelo antigo chefe Laurent Tourondel para assumir a posição de liderança como seu Chef Executivo Corporativo para o LTH, seu grupo de hospitalidade, onde Cotton atualmente supervisiona o programa de culinária de mais de 12 restaurantes em todo o mundo.

Kirsten Shockey

Kirsten K. Shockey é co-autora de Vegetais fermentados , Fermentos Fiery, e próximo Miso, Tempeh, Natto e outros Fermentos Saborosos livros que vieram de seus desejos para ajudar as pessoas a comerem de novas maneiras, tanto para a saúde delas mesmas quanto para o planeta, e levar essas artes culinárias a novos sabores. Ela começou a fermentar alimentos há vinte anos em uma pequena propriedade de 40 acres na encosta de uma colina, que se transformou em uma empresa de alimentos orgânicos. Quando ela e seu marido perceberam que sua paixão era pelo processo, eles optaram por se concentrar em ensinar artes de fermentação para outras pessoas. Ela viaja pelo mundo ajudando as pessoas a fazer, desfrutar e se conectar com sua comida. Você pode encontrar histórias de uma vida alimentada por alimentos fermentados no Instagram @ ferment.works ou na web em www.ferment.works.

Joel Gamoran

Mais conhecido como apresentador da série de sucesso "Scraps" da A&PPE, Joel Gamoran se tornou um dos chefs mais conhecidos do país com foco na sustentabilidade. Além de seu programa de televisão, Joel é o Chef Nacional do Sur La Table e faz aparições mensais no Today Show da NBC. Como o autor de Cooking Scrappy. (Harper Collins, 2018) com uma paixão por cozinhar com ingredientes que normalmente são jogados, Joel mostrou a alunos, espectadores e leitores ao redor do mundo como transformar restos de comida em refeições deliciosas. Joel é graduado pelo Culinary Institute of America e pelo Culinary Institute of Florence. Joel e sua esposa Angiolina vivem na deslumbrante Seattle, WA com seu bebê Jonah.

Dina Altieri

A chef Dina Altieri se formou no Culinary Institute of America em 1991 com um grau de associado em estudos ocupacionais. Depois de trabalhar em vários cargos de liderança de linha e cozinha em restaurantes e operações de catering, ela começou sua carreira como educadora de chefs. Seu trabalho no ensino superior se estende de costa a costa como chefe de departamento dos programas Le Cordon Bleu em Pasadena e Chicago, reitora associada do New England Culinary Institute em Vermont e reitora da School of Culinary Arts do Kendall College em Chicago.

O Chef Altieri é certificado pela American Culinary Federation como Chef Executivo e Educador Culinário e pelo American Hotel and Lodging Educational Institute como Hospitality Educator. Ela tem sido uma apresentadora de master class no Centro para o Avanço da Educação Culinária (CAFÉ) e na conferência de Mentoria da Universidade do Novo México e apresentada nos livros O lugar da mulher é na cozinha e Na cozinha da mãe, por Ann Cooper.

Chef Altieri treinou a equipe Kendall College & # 8217s Culinary Knowledge Bowl vencendo vários campeonatos regionais e nacionais com seus alunos. Ela foi nomeada Chef Educadora nacional do ano em 2011 e ganhou o prêmio Cutting Edge em 2015 da American Culinary Federation. Ela também possui um diploma de bacharel em artes liberais pela Johnson State College e um mestrado pela Walden University em Ensino Superior, com concentração em Ensino e Aprendizagem da Faculdade. Ela se juntou à equipe do Centre on Halsted em 2017 como Diretora de Artes Culinárias. Nessa função, ela gerencia um programa de artes culinárias e preparação para o trabalho chamado Silver Fork, que fornece aos residentes de Chicago as habilidades culinárias e o conhecimento para obter e manter um emprego remunerado de longo prazo na indústria da hospitalidade.

ChefConnect: Seattle vai de 1 a 3 de março! Se você é um chef explorando novas ideias e sabores, um estudante em busca de experiência ou um profissional de food service que está sempre atualizado sobre o que há de melhor, temos oportunidades educacionais e de networking para você. Registre-se antes de 3 de fevereiro para economizar até 40%!


Boletim informativo Raffaldini de junho

Nosso Montepulciano Riserva 2014 estará esgotado antes do final de junho. Este vencedor do prêmio Best in Show da Sociedade de Vinhos Finos da Carolina do Norte recebeu uma pontuação de 89 pontos do escritor italiano de vinhos James Suckling, ex-Wine Spectator. James o chama de "Um vinho frutado médio com taninos firmes e um tom suculento. Acidez picante e um final limpo. Tem o caráter frutado e terroso de Montepulciano." O Montepulciano Riserva 2014 esgotará aproximadamente seis semanas antes do lançamento do Montepulciano Riserva 2015.

Domingo, 18 de junho: brunch do dia dos pais

Comemore o tuo padre com um buffet de brunch com vista para os vinhedos de Raffaldini! Traga toda a família e sua câmera para uma foto única cercada por nossos vinhedos de tirar o fôlego. Desfrute de um jogo casual de bocha ou relaxe com um pouco de música ao vivo de Justin Nelson. As reservas incluem buffet de brunch, duas taças de vinho Raffaldini e uma taça de vinho de cristal Riedel.

Nosso endereço de correspondência é:
450 Groce Road, Ronda, NC 28670


A Girl Scout Cookie Sugar Rush: Parte Um

Profissionalmente, trabalho para Outword Magazine em Sacramento como designer gráfico, fotógrafo, editor e escritor ocasional. Em seus última edição Escrevi duas receitas, uma das quais compartilharei com vocês hoje: Cheesecake de Limão “Limonada” com Molho de Framboesa.

Eu sei que você pode estar pensando: & # 8220Estou no site certo? Achei que fosse um site de saúde. Achei que ela não tinha glúten & # 8230 & # 8221 Bem, às vezes é normal comer biscoitos ou cheesecake, contanto que você não coma tudo. Ainda estou 90% sem glúten e raramente como sobremesas, mas isso não significa que não asse mais ou compartilhe guloseimas de vez em quando. Fui bastante hardcore por alguns anos, mas sentia falta de assar e criar combinações malucas de guloseimas, então nos últimos anos voltei a fazer isso. Eu também consegui manter meu tamanho, então o ganho de peso não é mais um grande problema. Meu marido (que tem o melhor metabolismo de qualquer pessoa que eu já conheci) faz um ótimo trabalho comendo tudo que eu faço, então ele não está me tentando. Eu também sei o trabalho que tenho que fazer na academia para queimá-lo, e prefiro não ficar mais tempo na academia do que já faço.

PS: Você pode comprar Cookies de escoteiras até 28 de março, então, por favor, compre! Apenas vá para www.GirlScoutCookies.org e digite seu código postal. Você também pode enviar uma mensagem de texto COOKIES para 59618 (taxas de mensagens e dados podem ser aplicadas. Envie STOPGS para STOP, HELPGS para obter ajuda).

Cheesecake de Limão "Limonada" com Molho de Framboesa
Ingredientes da crosta:
Shortbread / trevos de escoteira de 1/2 manga
Bolinhos de limonada de escoteira 1/2 manga
1/2 xícara de farinha multiuso
Raspas de 1 limão
2 colheres de chá de suco de limão
1/2 barra de manteiga derretida

Ingredientes de enchimento:
2 pacotes (8 onças cada) Requeijão, amolecido
1/2 xícara de açúcar
1/2 colher de chá baunilha
2 ovos
Bolinhos de limonada de escoteira 1/2 manga

Ingredientes do molho de framboesa:
2 xícaras de framboesas frescas ou congeladas
1-3 / 4 xícaras mais 1 colher de sopa de água, dividido
1/4 xícara de açúcar
2 colheres de sopa de amido de milho

Instruções de crosta: Pré-aqueça o forno a 325 ° F (300 ° F para fornos de convecção). Esmague as duas variedades de Cookies Girl Scout em um saco plástico com rolo de massa ou em um processador de alimentos e, em seguida, transfira as migalhas para uma tigela. Adicione a farinha, as raspas, o suco de limão e a manteiga derretida e mexa até a mistura formar uma massa. Pressione a massa no fundo de uma assadeira de 20 cm e reserve.

Instruções de preenchimento: Bata o cream cheese, o açúcar e a baunilha com a batedeira até incorporar bem. Adicione os ovos batidos apenas até ficarem bem misturados. Despeje na crosta. Asse 40 min. ou até que o centro esteja quase definido. Legal. Leve à geladeira por 3 horas.

Como chegar ao molho de framboesa:
Em uma panela, misture as framboesas, 1-3 / 4 xícaras de água e açúcar. Leve para ferver. Reduza o fogo e ferva, descoberto, por 30 minutos. Amasse a mistura de framboesa e passe por uma peneira fina para um copo medidor de 2 xícaras. Adicione água se necessário para fazer 2 xícaras de purê. Volte para a panela. Combine o amido de milho e o restante da água até ficar homogêneo, misture gradualmente à mistura de framboesa. Levar a ferver em fogo médio, mexendo sempre. Cook and stir 1 minute longer. Remove from the heat cool completely. Spread over cooled cheesecake, and if desired, decorate cheesecake with Girl Scout Lemonade Cookies!

Spread the word!

Like this:


48 comments on sav’h

I love the pictures. And I know what you mean about the 24/7 cities. I grew up in Las Vegas and, wow, was it a shock when I moved first to Utah and then to Austin, TX. It’s unbelievable to me that things close at eight. Or for the weekend. What in the world??

Glad you enjoyed your trip! And yes, the weather is almost always like that here. We never experience NYC weather along the coastal regions of NC, SC, and GA. It’s barely been blow freezing here in Wilmington this winter. I personally enjoy the cold, as it usually means no allergens. The trees are starting to bloom here, and so are my nasal passages. Ugh!

I’m greatly enjoying the pictures! Keep ’em coming. :)

Yay, you’re back! Did you know that I missed you? I did. Anywho, I made the indian dish and B thanks you immensely. Also, I love the fact that your first three posters names start with “J”.

I’m glad you enjoyed the South, now you just need to come West and take a jaunt to Houston. I’d give you a personalized tour!

Hi…
I’m not really sure who the creator of this site is but… can I say I love you. I was just surfing the web as any college student would and came across your wonderful site. From your marvelous photos, exquisite food recipes (which I have yet to tackle), and your humorous blogs, I can absolutely say that I’m Smitten with your Kitchen (site)!!

Hi,
I just have to say I love your blog! lol

My hubbo and I took a debris-free vacay last New Year’s (2005-06) from our home on the MS Gulf Coast. It was an impulse trip based on a spot I’d seen about the Mansion on Forsyth Park, where we ended up staying. So needless to say, I’m thrilled to see that you stayed there too. When you called for recs, I almost posted about it but figured at such a late date, you’d already booked your digs and what would be the point in gloating about somewhere you’d not get to experience, but now I can say with a clear conscience, MAN that place is awesome. I’d totally go back and just remain within its four walls for the entire trip. I came home and redecorated my bedroom to resemble our room there. I’m not nuts, I promise. Just surrounded by total destruction on every side of me after the storm and the beauty of that hotel soothed my soul. I just wanted to drink it up every single day. My bedroom was a white box but no longer. I just wish I could buy one of those beds. My homemade version is no comparison. Weren’t they gorgeous?

Also loved Mrs. Wilkes’. And wandering around the city. We took a totally hokey ghost tour one night, which was fun but cheesily so. We also liked Gryphon Tea Room where we had hot scones and tea. Even the hubbo liked it and it’s totally not his thing.

I enjoyed your photos very much. We have pictures of that same fountain in Forsyth Park, but mine don’t even compare to yours. I hope I can learn how to wield my new SLR so effectively. Speaking of which, did you venture into the coffee shop at the end of the park called the Sentient Bean? I went there for coffee a couple of mornings before the hubbo awoke because it was way cheaper than the hotel and was also local. Cool SCAD student hangout. I should have posted about it, but I just remembered it. Hope I’m not gloating pointlessly.

We did not go to Charleston, but loved Savannah so much. The relaxing trip must have been healing because about 9 months later my daughter was born! Ha!

Hi, I’m from Singapore, came across your blog by recommendation of a friend. I was in Savannah on holiday last year and liked the quaint little town. Love your photos! Wish I could cook and take photos like you! Am currently looking for some good recipes for pistachios as I have a big bag of them that needs to be used. Do you know of any recipes you’d recommend? Thanks in advance! :)

So nice to have a respite from NYC — I was there last weekend, and the cold/wind were bitter in a way that rural Rhode Island is not (though “technically” it was colder here). Have not been to Savannah and Charleston for many years, since college days. Nice to revisit through your photos and restaurant notes.

Obrigado! Glad you had a nice time, I’m book marking some of these places for a future trip (who knows when, someday maybe).

Hi, I’ve read your blog(s) for quite a while now, but I don’t know if I ever commented. Anyway, I was born in Charleston and lived my whole life in SC until I moved to NC almost 2 years ago. I’m always amused when people discover our blue laws and cultural standards with stores being closed on Sunday and all. I guess I’m just so used to it. Liquor stores in SC (always labeled ABC stores with 3 red dots on the building) close at 7 pm every day, and they aren’t open at all on Sunday. You can’t even buy beer or wine at the grocery store on Sundays. Thus, when I moved to NC, I was thrilled that liquor stores stay open until 9 and you can buy beer and wine on Sundays after noon! In SC, on Sunday they even have to rope off parts of Wal-Marts and Targets to keep the things you are allowed to sell before noon separate from the rest of the merchandise. I think it’s all very silly to hang on to such traditions from so long ago, so I’m sorry you had to miss out on parts of two beautiful cities because of it. I’m glad you enjoyed our weather, though! It was 31 here this morning, and I shivered during the whole drive to work!

I grew up in SC, my sister lives in Charleston, and my best friend lives in Savannah. I, unfortunately, moved North to the horrid winters. The last photo of an azalea flower on the pavement makes me want to cry. March has always been spring and flowers for me, yet I sit inside with snow covering the ground outside. Sob.

Hey – welcome back. You were missed. Am ambivalent about your reaction to Elizabeth’s – I totally agree but sorry you wasted a meal. “Hate to say I” – you know the rest!! Not sure who gives it the rave reviews. Glad you liked Mrs. Wilkes – quite a trip, isn’t it? Photos look good as usual. Am planning on a new DSLR and the wife says a new camera won’t get you photos like that – she has something you cannot buy!! Damn!!

I’m so glad you took my suggestion and made it out to Mrs. Wilkes!! I had the same gut reaction as you when I saw the line of tourists, but boy was I happy once I sat down and smelled all the great home cookin’ coming my way. :-) It was definitely a highlight of my trip to Savannah a few years back, and part of the fun is all the people you meet at your table. I actually had the daughter of the original Mrs. Wilkes sit at my table!

Lovely to see you had such a great time. And I’m so, so glad you tried Peninula Grill. And I remember the pain of odd business hours in the south — my favorite restaurant in Atlanta was only open for lunch 4 days a week, so even though I lived down the street I almost never made it.

However, in my opinion? There is absolutely NO NEED to beat yourself up for missing Tybee Island. While some of the barrier islands are amazingly beautiful — like Cumberland, with the turtles, or Jekyll, which is very empty and has lots of weird crumbling-down buildings just off the beach in some spots (both of which are also a couple of hours further down the coast than Savannah) — Tybee is not one of those. It’s more of a common tourist destination, dirtier, and more crowded than the other islands. So cross that regret off your list!

Definitely good eats in the Low Country. I remember standing at a table near Charleston and eating freshly grilled oysters as quickly as the grill-masters mate could shuck them.

thank you for the virtual vacation in these glorious pictures, and your thoughts on charleston and savannah… it’s been ages since i’ve been to savannah and never to charleston, and they are both so high on my list! thanks for the reviews + recommendations too. hope you’re not too cold up there…

Your pictures look absolutely stunning! Living just a few hours from both historic Savannah and Charleston, your post makes me want to put things aside, and just make a weekend/day trip to these wonderful places!

Wait, What, Huh? I thought you went to Mexico?

Sounds like you had a great time. As for everything being closed on Sunday, welcome to small-town-South. We recently went to lovely Oxford, MS, on a Sunday afternoon and found only one of their many wonderful restaurants open. It’s just our way, apparently. That is, unless you want to eat at Chili’s or Taco Bell. And, if you’re like us, you’d just as soon pass on those and eat junk out of your own pantry.

As a new follower of your blog, thank you…for the wonderful articles, the great recipes and, of course, your wonderful pics. Nice holiday, eh?

Janssen — Indeed. Not exactly a service-oriented city, flooded with conveniences. Ah, well. Next time I’ll avoid the South on a Sunday.

Jenifer — Aww, I’m glad you liked the dish! Now I did go to Ft. Worth one for a wedding. Everything was so big! An onion ring the size of my head, I swear. But, I’d love to get to Austin, one day, perhaps.

Rachel — Oh sweet! Someone else in love with that place. The last time I loved a hotel that much, it was in New Orleans in May of 2005, in a Kimpton hotel I now realize has closed or been sold. That makes me very sad.

Ping — Haven’t cooked much with pistachios, but you can never go wrong with a brittle, toffee or spiced nut mixture. March 8, 2007

Tammi — Definitely good for a future weekend trip. We try to get to random cities sometimes, to hold us over for the vacations that we really, really want to take but are huge financial hits. Like Russia. Argentina. Cyprus. Suspirar. We’re thinking about hitting the Pacific northwest this summer now, driving down from Portland through Seattle to Cali. Though I’d still rather go to St. Petersburg… I digress!

Erin — I think it must take a splendid amount of patience to deal with such red tape. As someone who’s day of rest is NOT on Sunday and who would not dare expect the rest of the world to rest on the same day, I find it outrageous. I’m always surprised it’s not questioned more often, and has just become accepted as fact. NYC just recently (2 years ago, I think) allowed stores to sell booze on Sunday, so nobody has an excuse to show up empty-handed to a Sunday dinner party now!

Larry — We had not intended in any way to go to Elizabeth’s. But when we reviewed our dinner options that were actually open on that night, it was thin pickings. Tapas, Italian and some sort of Asian fusion (I think) sounded like stuff we can get in Manhattan any day. I wanted something more original, and I’d seen a good mention of Elizabeth’s on Chowhound. Ah well. At least 50% of us liked our meal.

Abbey — Thanks for the suggestion. I lost track of who suggested what, so didn’t know who to thank. It really was adorable, and so humble despite the crowd. The line, btw, moved very quickly.

Amelia — Good to know about Tybee. Ever the New Yorker, I was confused that there was NO WAY to get there without a car. No shuttle? No ferry? I always forget, too, that in the rest of the country, everyone owns a car. Among our 12 closest friends, there is not a single car.

kevin — I was bummed we didn’t make it to Hominy Grill! We were going to go for our last lunch, but I just couldn’t take another big meal that day. I needed salad, fresh fruit. We ended up at Fast & Furious (Guilard et Maliclet? I forget the French name). The coffee was fantastic (though can be easily repeated at home), the food, oookay. Did the trick though.

Jocelyn — Nope, Savannah and Charleston for a long weekend. (We’d completely forgotten about Steve’s thing when we booked it. D’oh!) We’re going to Playa Del Carmen in April. I just couldn’t hold off that long to see the sun.

Jennifer — Yeah, we shoulda known. Though I do find Paula Deen charming, I had no interest in going to her restaurant. But, with so few options, we tried to check it out on Sunday. Line around the block, only open until 4, no reservations and a buffet to boot! I couldn’t do it. Maybe next time. )

If you ever get to go to Tybee (and you really should). Stay at the Savannah Beach Inn. Innkeeper Anne and her husband are awesome. I suggest the Marshall Suite. It’s at the top of the house, and it’s relaxing & fabulous. Eat at the Sundae Cafe. (Anne knows where it is). Don’t be fooled by how it looks. Last time we went (sadly, last April), it was in a strip and was obviously a renovated quickee-mart. The tuna steak with the smoothest, most velvety ginger and cinnamoned sweet potato spectacularness made me dance in my seat.
Vinnie A Go-Go’s is great for pizza in Savannah. Paula Deen’s is vastly overrated. Why oh why did we wait an hour?! I chastised myself for the rest of the trip for buying into the hype. The Pink House was delectable. There was a decent quick sandwich joint above market square, too….

Thanks for the blog. It’s inspiring. I can’t wait to get back to Savannah.

Glad the trip went well. It sounds beautiful. I would like to make it up there sometime. I think our next trip will be back to St. Augustine, which this post reminds me of. Alot of tourists, but also alot of great stuff if you don’t get stuck with them. Plus some really pretty architecture, and the ocean. But I may be a little biased, because that is where we got married.

If you ever make it to St. Augustine I have a couple of places for you to try (like a $7 crab cake meal that had the best cakes I have EVER tasted!).


Dining Hall Cranberry Wild Rice Meatball Recipe

Cranberry Wild Rice Meatballs with Lingonberry Preserves

A Swedish-style meatball with wild rice and dried cranberries simmered in a zesty cream sauce and served with lingonberry preserves.

Meatballs: Cream Sauce:
1 pound ground beef 2 xícaras de caldo de galinha
1/3 cup cooked wild rice 1 cup heavy whipping cream
1/4 cup dried cranberries 1/4 teaspoon allspice
1/4 cup minced onion 1/8 teaspoon nutmeg
1 teaspoon salt 3 tablespoons cornstarch
1/4 teaspoon allspice 1/4 cup water
1/4 colher de chá de pimenta preta
1/8 teaspoon nutmeg Garnish:
1/8 teaspoon curry powder Lingonberry Preserves
3/4 cup bread crumbs
1/4 cup water
1 ovo

To prepare meatballs, combine all ingredients mix well. Shape into 1 1/2 to 2-inch balls place in shallow baking pan. Bake in 325 degree oven for 30 minutes.

While meatballs are baking, make Cream Sauce. In saucepan, combine chicken broth and whipping cream over low heat, heat just to simmer. Stir in allspice and nutmeg. In small bowl, combine corn starch and water stir until smooth. Stir into cream mixture simmer.

After 30 minutes, remove meatballs from oven transfer to 13࡯-inch baking pan or oven-proof serving dish. Pour cream sauce over meatballs cover with foil. Return meatballs to oven and continue baking for 30 minutes. Serve with Lingonberry Preserves. 4 servings


GalleyMatch Book Clubs Recommend

GalleyMatch book clubs preview advance reading copies (ARCs, also known as galleys) from a variety of publishers. Below you’ll find the titles book clubs have recently enjoyed reading and discussing along with highlights of their discussion and selected menus from their meetings.

GalleyMatch is a free service for book clubs. Want to learn more and register your book club? Click here.

Publishers and authors: To learn more about registering titles for GalleyMatch, click here.

To receive new recommendations throughout the year, subscribe to our newsletters,


The Sensational Seven Book Club and the Fabulous Six Book Clubs of Appleton, Wisconsin
Get Woke Book Club of New Prague Minnesota, Mountain Meadows Book Club of Renton, Washington, and Pittsburgh Chick LIt Book Club of Pennsylvania
SPIN: A Novel Based on a (Mostly) True Story by Peter Zheutlin ( Pegasus, 6/21)
Ride away on a 'round-the-world adventure of a lifetime—with only a change of clothes and a pearl-handled revolver—in this transcendent novel inspired by the life of Annie Londonderry

The Sensational Seven Book Club: “What a story Peter Zheutlin told, what a fascinating woman. and such a beautifully written story! We had an animated conversation like no other, with many opinions about Annie’s choices and how her decisions shaped the person she became."
"We loved the beautiful cover of Annie on her ‘wheel’ and the simple, perfect title. seeing the cover and the title made us anxious to dive into SPIN! The book prompted such great discussion. At the young age of 23, she made the bold decision to take up the daunting challenge of biking around the world. How many of us would ever even think to attempt this feat? The author based the book on ‘a mostly true story,' but what a story he told through a letter from Annie to her granddaughter, Mary. What a creative take on Miss Londonderry’s tale! He authored the book in such a beautiful way that you could often visualize the sights and scenes as Annie navigated her way across the world on her bicycle.
"We agreed that although Annie is a champion and a woman truly ahead of her time, it was difficult to approve of her choice to leave her husband and three young children for 15 months. One of the reading guide questions prompted a long discussion about Annie’s character: She was charismatic, driven, courageous, and adventurous. Could we look beyond so many of the choices she made and deem her a ‘likable’ character? Peter Zheutlin’s great-grandaunt was a character not soon forgotten by any of us and one who provided our book club with an animated conversation like no other!

"Menu: "We focused on Annie’s ancestry with Jewish-themed snacks and drinks. We spent an evening around a bonfire drinking Manischewitz wine and noshing on snacks with Za’atar seasoning. Delicious!"

Fabulous Six Book Club: “Written from the viewpoint of Annie, in a letter to her granddaughter, was the perfect way to tell her story. After all, SPIN is "A Novel Based on A Mostly True Story."

An engaging and quick read. SPIN is laced with bits of American history during the time Annie was biking around the world in the 1890s. She encountered several well-known people, such as Susan B Anthony and Annie Oakley. So why have we heard nothing of Annie's feat before? Peter Zheutlin skillfully took us on Annie's journey using a letter that she has written to her only Granddaughter, Mary, and was able to capture her feelings, her awareness, and why made some of her decisions. Both Annie and the author tell us to decide for ourselves what to believe and what is imagined. If not for the author's research and tenacity, the story of Annie Londonderry (Annie Cohen Kopchovsky) likely would have been lost. Our discussion revolved around Annie, women's issues, and the press. We decided that even during Annie's time, the press played an important role in promoting her and her journey.

Annie was ahead of her time. Every idea of what a woman ‘should’ be during the 1800s— she was not. She seemed aware of the fact that what she was doing would be frowned upon. We had good discussions regarding women and motherhood. Members were not fond of the choices that Annie made in her life, while others thought she felt trapped and had non-maternal instinct. Annie wasn’t suited for the traditional role of wife and mother and didn't deny it. At the first chance, she set out on her adventure around the world on a 42 -pound Columbia bike. To do this, she gradually changed her persona. Annie spun embellished tales on her trip.

Having never heard of Annie and her "Round-the-World" adventure, it was fun to do some additional research using d links provided via the author's Reading Guide and website. How is it that her family didn't know more of her story? The Author's Note explained that this family story had been lost. and gave insight into Annie's decisions. I appreciate the commitment made by the author in researching Annie, and that we are encouraged to imagine which parts of her story are true. You'll find Annie quite fascinating!”

Get Woke Book Club: "Read SPIN! You will be happy you went on the ride! As the wheels on Annie’s bike turn, readers are entertained with tales of adventure, imprisonment, romance, and danger. Annie’s contribution to the women’s movement made our members fortunate to have gone on the ride with her.” Our first in-person meeting in over a year was held at Next Chapter Winery. In honor of Annie, we rode bikes to the winery, and faced many dangers on the way! SPIN is based on the life of Zheutlin’s great-grandaunt, Annie Londonderry, who at age 23 in 1894 pedals around the world on a man’s one-speed bike, earning room and board as she travels. In the first paragraph Annie, a.k.a. Annie Kopchovsky, reveals that she is not the ‘most reliable witness to the events of [her] own life,’ alerting readers that her penchant for ‘spinning’ was not confined to the bike. Let the ‘spinning begin’! We were amused and captivated by Annie’s stories. Did 500 people really attend Annie’s send-off in Boston? Did Annie log 10,000 miles on her one-speed, man’s bike? Did Annie perform in the Wild West show with Annie Oakley? These questions were spinning through our minds as we read."
"The important message behind Annie’s life and adventures: In an arranged marriage with an older man, the mother of three small children was the family’s breadwinner. Annie tells us that she was not the only woman of her era to be overwhelmed by her responsibilities, but she was able to ‘break free.' We felt we would not have left our children as Annie did, but understood the pressures and expectations placed on women of the era. Annie’s resourcefulness, spunk, and courage made her a ‘symbol for an entire generation of women and a symbol of the struggle for women’s equality.' The invention of the bicycle emancipated women, and drastically influenced a redesign of their clothing. Annie’s ability to 'ride' this new movement was more important than any actual miles spent on her bike."

"We played ‘Fact or Fiction,’ a game combining Annie’s stories with facts from Zheutlin’s biography of Annie, AROUND THE WORLD ON TWO WHEELS. Each card featured an Annie story that prompted discussion about its veracity. The flip-side provided factual information. Annie’s tales had our heads spinning and judgments faltering. Events we labeled as fact were fiction, and vice versa." "Trust us, Annie’s stories are worth the read. 125 years after her momentous trip, she is reveling in the attention that her stories continue to generate. As one member said, ‘This was over 100 years ago, and women are still fighting some of the same battles.'"

Menu: "Annie suggested that Colonel Pope greet her whiskey. We identified as 'Kindred Spirits' with Annie with the winery’s whiskey.

Mountain Meadows Book Club of Renton, Washington "A good match for a book club of independent and adventurous women. SPIN: A novel based on a MOSTLY true story told us we'd be reading a biographical account of an interesting woman with a little bit of artistic license thrown in. A global sensation in the 1890s, the story of Annie Londonderry was mostly forgotten: In 1895 The New York World declared Annie’s round-the-world bicycle tour “the most extraordinary journey ever undertaken by a woman.” A hundred years later, the extraordinary journey of discovery Peter undertook to bring this story to life is just as fascinating.

Discussion highlights included our fascination with how the story of Annie came to the author's attention and what kind of providence? fate? luck? started the chain of events that ended with this interesting story. Sorting through Annie's truth to try to imagine what the actual situations would be like was interesting. A woman of her time being able to self-promote and control her own narrative was very impressive -even if it meant embellishing the truth. No man (then or now) would think embellishing the truth for promotional purposes is even the slightest bit scandalous. We were left wanting to know more about Annie. Tons of Googling and Wiki searches were our norm."
Very few books compel the reader to want to know more about the origins of the story. After reading SPIN I not only craved more information about Annie Londonderry, but dare I say, I wanted to learn so much more about the circumstances that brought this book into being. The story behind the story captured my imagination as much as Ms. Londonderry herself.

A series of events led Zheutlin to discover the details of his family’s history from a second cousin. Deep in her basement are boxes filled with forgotten family secrets and history. After extensive research and time piecing together the puzzle, he has created a novel, mostly based on fact, of this amazing woman, Annie Londonderry.

"We highly recommend the book, and suggest you check out the authors 2008 account of Annie Londonderry’s extraordinary ride: ‘Around the Word on Two Wheels.’”

Pittsburgh Chick LIt Book Club of Pennsylvania: "A winner! We thoroughly enjoyed SPIN. Annie motivated us to dust off our bikes and travel local bike paths this spring. We may just call ourselves the ‘Annie's Girls’ as we bike around our neighborhoods.

‘Annie didn't run away to join the circus. Annie became the circus.’ Author Peter Zheutlin 's comment summarizes our book discussion. Peter joined our discussion and provided insight on the research and writing. It's difficult to believe that a 23 year-old, married woman with three children, would leave her family for over a year to bicycle around the world—over 100 years ago.. Annie Kopchovksy, who assumed the name Annie Londonderry for her adventure, learned to ride a bike, plotted biking routes, handled the logistics of traveling between stops, and financed her adventure primarily by giving lectures and working odd jobs while on her trip. Our complaints about commutes and business trip delays pale in comparison to Annie’s challenges as she biked around the world. While the author admitted it is difficult to separate fact from fiction in Annie's stories, the route she traveled is accurate and indicates a woman with a strong desire to succeed. A master of self-promotion, Annie notified journalists before arriving in a city and worked with them to get her story published in newspapers.

It surprised us that Annie was a sensation not only in the countries and cities that she visited but also in places to which she never traveled. The world delighted in her sensational stories. While she may have embellished her accomplishments, it was clear she was not afraid to be herself and to be recognized for her success. We appreciate stories about women who overcame difficulties to achieve their dreams/goals."


Coming June 2020

The Mindful Glow Cookbook by Abbey Sharp

Binding: Hardcover

List Price: $34.00 CAD

Our Price: $12.99 CAD

While Abbey Sharp is a hilarious presence in her cookbook, she radiates compassion in her book’s introduction with some sage advice: there is no one diet for everyone. Packed with a myriad of recipes and gorgeous photos, this book is a celebration of what she calls “mindful eating,” which serves to remind readers to enjoy different foods and flavors without regret. Sharp’s cookbook radiates body positivity and encourages readers (and eaters!) to listen to their bodies and to sit down with friends and family to enjoy delicious eats!

There it is folks! We hope you’ve had your wish list handy – there are so many highly anticipated reads hitting our shelves within the next 6 months and we can’t wait for you to get your hands on them. Feel welcome to let us know which book you’re most excited about. We’ll be back with more anticipated reads soon!


Assista o vídeo: 2016 Minnesota Monthly Food and Wine Experience (Agosto 2022).